Fragmentos de Aurora - Livro
×
Fragmentos de Aurora - Livro
Fragmentos de Aurora - Livro
R$ 19,80
ISBN-10: 8577278867 | 85-7727-886-7 |
EAN/ISBN-13: 9788577278862 | 978-85-7727-886-2

Fragmentos de Aurora - Livro

Autor: José Machado Leal

RIGEL LIVROSBRASIL EDITORA

Formato:14 x 21 cm - 80 págs. Peso: 0,100 ANO:2016

Assunto: 1) Literatura sul-riograndese 2) Poesia sul-riograndese

Editora Rigel & LivrosBrasil

LIVRO: O MELHOR PRESENTE !

Disponível

Nossa Poesia

Ela guarda, ainda, o jeito e o formato dos tempos de Camões. Nós a chamamos de “poesia crioula”. Pode ser épica, lírica ou telúrica, tem como parâmetro a temática gauchesca. Não se faz tão somente rimada, se faz, também, na forma de “verso branco”- poesia em forma de prosa. Nela, o poeta capricha na métrica e no ritmo, ignorando as técnicas da rima.
Em se tratando de verso rimado, começamos com a “quadra”, também conhecida como “trova literária”: são quatro versos setessilábicos, rimando o primeiro com o terceiro, o segundo com o quarto. Se chamará “redondilha maior”, se o verso for de sete sílabas. Se for de cinco sílabas, se chamará “redondilha menor”.
Vem depois a “sextilha”: são estrofes de seis versos, setessilábicos, rimando a segunda, com a terceira, a quarta, com a quinta, e a sexta, com a terceira, muito usada na trova de “porfia”, chamada, ainda, de trova de desafio. Usada também nas pajadas “hernandianas”. A “décima” comporta estrofes de dez versos, setessilábicos ou decassílabos, rimando a segunda com a terceira, a quarta com a quinta, a sexta, com a sétima, a oitava com a nona, e a décima, com a sétima, por demais utilizada nas pajadas à uruguaia, tendo como expoente entre nós, Jayme Caetano Braun.“Alexandrinos”, são estâncias de dez versos, com doze sílabas poética. Por fim, o “soneto”: são quatorze versos, duas estrofes de quatro, e duas de três versos, setessilábicos ou decassílabos, rimados ao jeito e ao gosto do poeta.